Comissão da Pessoa com Deficiência solicita ao TJ/TO maior acessibilidade ao E-PROC

Via ASCOM OAB/TO

Por Dani Braga

Publicada em: 29/08/2019 - 01h 28min

OAB/TO
OAB/TO

A Comissão da Pessoa com Deficiência da Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Tocantins apresentou uma pauta de reivindicações nesta terça-feira, 26, ao presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins, desembargador Helvécio de Brito Maia Neto, solicitando o aperfeiçoamento do E-PROC quanto a acessibilidade.


Entre as principais reivindicações está a solicitação de prioridade na tramitação do sistema E-proc para as pessoas com deficiência, especialmente aquelas com deficiência visual, visto que, atualmente esta opção existe apenas para atender pessoas idosas.


“O Tribunal de Justiça deu uma abertura importante para que possamos contribuir com o aperfeiçoamento do sistema E-proc, tornando-o acessível, em especial aos deficientes visuais”, afirmou o presidente da Comissão da Pessoa com Deficiência, Domingos Rodrigues da Silva.


Para o presidente da OAB Tocantins, Gedeon Pitaluga, esse momento mostra que a gestão começou atuando de maneira firme em defesa da inclusão. “Vamos trabalhar para valorizar e incluir toda a advocacia, buscando garantir a todos os advogados e advogadas condições plenas para exercer a profissão”, ressaltou Pitaluga.


Também participaram da reunião os membros da Comissão da Pessoa com Deficiência Euler Rui Barbosa Tavares, Marques Elex Silva Carvalho, Arlindo Nobre da Silva e Jaires da Silva Moreira.